Mundo Cervejeiro

O que são cervejas ‘Lambic’

Ao passo que a maioria dos cervejeiros modernos se esforça para afastar bactérias, fungos e outros microrganismos selvagens de suas produções, os produtores de Lambic literalmente escancaram as janelas de suas cervejarias e deixam a natureza fazer seu ‘trabalho’.

Este método rústico e elementar de produção é basicamente o mesmo utilizado há milhares de anos, quando o homem não compreendia ao certo como funcionava a fermentação.

lambic1

O nome ‘lambic’ deriva de Lembeek, uma pequena e bucólica cidade localizada no vale do Senne, (região de Bruxelas) que apresenta a microflora ideal para a produção desse tipo de cerveja.

Elas contam, além do tradicional malte de cevada, com uma porcentagem de trigo não maltado, o que ajuda a conferir sabor e parte do seu caráter vigoroso e refrescante.

Outra curiosidade fica por conta dos lúpulos utilizados, que passam por um processo de envelhecimento de três anos, perdendo intencionalmente grande parte de seu potencial aromático e de amargor mas preservando suas características naturais de conservar a cerveja por mais tempo.

Logo após a fervura do mosto – cerveja jovem ainda não fermentada – a produção é transferida para barcas de cobre no teto das cervejarias. Nesse momento o ar da região desempenha o papel de resfriar o mosto e carregar as leveduras selvagens que serão responsáveis pela fermentação, que deve durar alguns dias.

Vale comentar que teias de aranha e outros tipos de ‘sujeira’ são muito bem-vindos pelos cervejeiros destes locais, uma vez que ajudam a manter os microrganismos presentes – fique tranquilo, nenhuma morte ou dor de barriga foi registrada até o fechamento desta edição.

quenaofaltemalte_cooling_ship

Enquanto cervejas ale e lager geralmente maturam respectivamente por semanas a meses, as lambics são transferidas para imensos barris de carvalho onde descansam por um, dois ou três anos.

Captura de tela 2014-02-13 às 14.39.04

Barris contendo lambic: pressão interna causada pela fermentação expulsa parte da produção

Parte da função dos cervejeiros “convencionais” é garantir a padronização de suas produções. Produtores de lambic, no entanto, consideram essa imprevisibilidade de resultados seu maior tesouro uma vez que contam com uma “biblioteca” de sabores e aromas distintos a cada nova produção. Por este motivo, as produções de lambics assim como diversos vinhos, são safradas.

Como resultado geral, as leveduras selvagens conferem um caráter único a estas cervejas: grande complexidade aromática com notas que lembram fazenda, couro e outros compostos relacionados, além de acidez (muitas vezes acética) intensa a moderada.

quenaofaltemalte_lambics_aging

Lambics já engarrafadas descansando

Veja abaixo um breve resumo dos sub-estilos de cervejas lambic:

– Straight Lambics: São lambics puras que ao atingirem um ano de maturação são vendidas na pressão em cafés e restaurantes Belgas (não são engarrafadas ou exportadas). São versões muito ácidas, secas e sem qualquer carbonatação (flat)

Geuze: São ‘blends’ de lambics jovens (um ano) com versões mais velhas (dois ou três anos), equilibradas ao gosto do mestre-cervejeiro. Apresentam acidez moderada, complexas e carbonatadas.

Fruit Lambics: Lambics com um ano de maturação que recebem frutas maceradas (cerejas, morangos, framboesas, pêssegos, entre outras variedades) iniciando uma nova e vigorosa fermentação. Estas cervejas são então blendadas com versões mais velhas, ao gosto do mestre-cervejeiro. Característica de cor, aroma e sabor com forte influência da fruta utilizada

Faro: Lambics que recebem adição de açúcar, o que ajuda a mascarar ou amenizar o caráter selvagem destas cervejas

Confira estes videos incríveis que ajudam a ilustrar a beleza e peculiaridade das lambics:

Um pensamento sobre “O que são cervejas ‘Lambic’

  1. Pingback: Um tour ‘exclusivo’ na cervejaria Lindemans | Que não falte malte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s