Comendo cerveja

Comendo cerveja #1: Pasta de cebola caramelizada com Porter

Nota do editor:

Sempre fui um fã irrestrito da harmonização de cervejas, especialmente em seu sentido mais amplo: buscar diferentes maneiras – e não regras matemáticas – para explorar e potencializar a experiência de consumo.

Dentro desse universo, sempre me instigou o uso da cerveja enquanto ingrediente e não somente acompanhamento do alimento.

Após alguns “ensaios”, está oficialmente inaugurada no Que não falte Malte a nova editoria Comendo Cerveja, que arriscará diferentes experimentações gastronómicas usando cervejas artesanais brasileiras nas receitas.

 Receita #1: Pasta de cebola caramelizada com Porter

quenaofaltemalte_cebolacaramelizada

Para compor e executar a receita, a convidada é a Ana Megda, digníssima primeira-dama desse blog:

***

Um motivo de bullying na vida: não gostar de cerveja! Pois é! Eu não gosto de cerveja. E parece bem estranho eu estar por aqui, certo? Mas encontrei uma bela maneira de interagir com a bebida inspiradora deste blog: colocando-a na panela! Há um tempo que um livro cheio de receitas com cerveja estava na prateleira de casa, louco pra ser usado.

A ideia é fazer (e claro, provar!) as receitas e dar um toque pessoal aqui e ali.

E pra estrear essa editoria, escolhemos algo que combinasse bastante com cerveja: um aperitivo. Sem mais delongas, vamos à receita!

Ingredientes:
2 cebolas pequenas/médias em pequenos cubos
150 ml de cerveja porter
2 colheres de sopa de manteiga sem sal
200 g de cream cheese
2 colheres de nata
suco de 1 limão tahiti
pimenta do reino a gosto
sal a gosto
páprica defumada
1 dente pequeno de alho moído
salsinha a gosto
azeite

Modo de preparo
Em uma frigideira, coloque a manteiga, um fio de azeite, acrescente o alho. Logo em seguida, a cebola e uma pitada de sal. Assim que ela começar a ficar transparente, adicione 100 ml da Porter ou até cobrir toda a cebola. A cerveja irá reduzir e o processo de caramelização durará mais ou menos uns 20 minutos. Cuidado para não queimar a cebola! Em um processador, coloque a cebola caramelizada, o cream cheese, a nata, o suco de limão, a páprica defumada, a pimenta do reino (moída na hora, de preferência) e o restante da Porter. Bata tudo até chegar a uma consistência cremosa e sem muitos pedaços de cebola. Depois, acrescente a salsinha picada, misture e corrija o sal se necessário. Sirva com pão. A receita serve 4 pessoas.

Possíveis perguntas:

Pode trocar a salsinha por cebolinha? Na receita original é com cebolinha, mas, sinceramente, achei que a salsinha dá um contraste melhor.

Pode trocar nata por creme de leite? Pode, mas acho a nata mais suave e, por tanto, mais legal! 🙂

OBS: Na receita original ia sour cream. Como no Brasil é mais chatinho de encontrar, substituí pelo combo nata+suco de limão. Se curtir uma pastinha mais azeda, coloque mais limão.

quenaofaltemalte_cebolacaramelizada1

Nota do editor: A pasta conseguiu aliar muito bem o dulçor da cebola, o azedinho do limão, a leve tosta achocolatada do malte e o amargor perceptível do lúpulo. Como diriam os curitibanos: Rock your taste!

waycreamporter

Cerveja escolhida para esta receita:
Way Cream Porter | Way Beer (Curitiba/PR)

Sugestões de outros rótulos e estilos que também podem funcionar:
Eisenbahn Dunkel | Estilo: Schwarzbier

Schornstein Bock | Estilo: Bockbier

Morada Etílica Double Vienna | Estilo: Double Vienna Lager

 

O que achou da nova editoria? Possui sugestões de novas receitas e rótulos? Envie para gente nos comentário ou em nossa Fan Page. Até a próxima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s